Como limpar seu microfone em tempos de COVID 19




Quando falamos, pequenas gotículas de líquido deixam nossa boca junto com o ar que exalamos. Essas gotículas de saliva podem acumular-se nas cápsulas do microfone. Embora seja muito pouco provável, sempre existe a possibilidade de o próximo orador ou cantor tocar o capsula com os lábios e, se esse o microfone estiver contaminado, o vírus poderá entrar em seu corpo. O vírus também pode ser transferido quando você substitui/ troca de capsula caso você esteja usando capsulas limpas a cada orador e esqueça de observar as medidas de higiene necessárias. Se você tocar em um microfone que acabou de ser usado e depois tocar em seu rosto, poderá contrair o vírus.


A Organização Mundial da Saúde recomenda vários desinfetantes à base de álcool contra o coronavírus. Mesmo sendo de metal ou plastico as superfícies dos microfones se forem limpos com etanol e/ou álcool isopropílico constantemente, não há estudos para sabermos quais efeitos podem ser causados por esses produtos a longo prazo tanto no corpo quanto ou mesmo circuitos internos caso estes líquidos entrem em com a eletrônica destes equipamentos . Portanto, seja cuidadoso ao desinfectar equipamentos eletrônicos. Certifique-se de tomar todas as medidas de higiene relevantes e lave bem as mãos para evitar qualquer risco de infecção.


Porque é altamente eficiente usar desinfecção a base de UV.

A Radiação Ultravioleta ajuda a proteger nosso mundo contra bactérias, vírus e outros microrganismos mesmo imunes a outros métodos de esterilização. A radiação ultravioleta se aplica na purificação de ar, água e superfícies. Em hospitais, laboratórios, industrias de alimentos, cervejarias, de panificação, armazenagem a frio e em sistemas de condicionamento de ar, a radiação UV ajuda a tornar o ambiente mais limpo e higiênico. A radiação ultravioleta fornece desinfecção sem adição de produtos químicos o que a torna segura para uso residencial, industrial.


Radiação Ultravioleta (UVC) e Produção de Ozônio

Dois tipos de Radiação Ultravioleta têm poder germicida, a radiação de comprimento de onda com 254 nanômetros (nm) e a radiação com 185 nanômetros (nm). A radiação UV com 254 nm é eficiente no controle de microrganismos alterando o DNA dos microrganismos impedindo sua multiplicação/proliferação. A radiação de 184 nm, entretanto produz Ozônio (O3) a partir de oxigênio (O2) podendo ser usado como desinfetante. Outras aplicações de ozônio é a desodorização.Tanto ozônio quanto radiação de 254 e 185 nm são eficientes no controle de vírus e bactérias. Baseado nesse conceito a MGA ProAudio criou o STI - Microphone Sterilizer, um conceito simples porém altamente eficiente que esteriliza até dois microfones por vez sem por em risco a integridade física, nem eletrônica do seu microfone.



  • Único capaz de esterilizar o corpo inteiro do microfone

  • Ionizador Negativo para desodorização

  • Dispensa o uso de ativos químicos

  • Não danifica os displays de acrílico

  • 3 Fontes de irradiação UV-C com 20Watts

  • Esteriliza dois microfones por vez em apenas 3,5 minutos

Além de criar um produto que certamente será um diferencial da sua empresa nesse momento e no NOVO NORMAL, a MGA ainda se preocupa com as causas sociais. A cada STI Microphone Sterilizer vendido a empresa irá doar uma cesta básica ao movimento Backstage Invisivel, se você não sabe o que é o Backstage Invisivel CLIQUE AQUI e saiba também como ajudar. Fontes: https://en-us.sennheiser.com/microphone-hygiene http://tratamentodear.com.br/radiacao-ultravioleta-ozonio-desinfeccao/



187 visualizações1 comentário

(11) 9 6472 8764

©2019 por Lazzaro Jesus. Orgulhosamente criado com Wix.com